CRM 9673
Artigos

Rinossinusites e faringotonsilites na infância

Introdução

A rinossinusite e a faringotonsilite são extremamente comuns na prática diária pediátrica, sendo algumas das indicações mais comuns de uso de antibióticos. Devido à utilização maciça de antibióticos nesses casos, tem-se observado que a resistência aos antimicrobianos vem aumentando consideravelmente nos últimos anos.

Os agentes etiológicos mais comuns que podem apresentar resistência importante aos antimicrobianos são o Streptococcus pneumoniae (pneumococo), Haemophilus influenzae e Moraxella catarrhalis.

O pneumococo é o agente etiológico bacteriano mais comum de infecções de vias aéreas, nas diferentes faixas etárias. Trabalhos recentes em nosso meio, com pneumococos causadores de meningite e septicemia, têm relatado resistência intermediária do pneumococo à penicilina ao redor de 20% e de alto nível em torno de 1%.

Quanto às infecções causadas pelo H. influenzae, alguns estudos nacionais mostram produção de b-lactamase em aproximadamente 10% das amostras estudadas, com baixa taxa de resistência a macrolídeos e altas taxas de resistência a sulfametoxazol-trimetoprima, bastante utilizado em nosso meio. As cefalosporinas de segunda e terceira gerações apresentam boa atividade contra a maioria das amostras de H. influenzae, ao contrário das cefalosporinas de primeira geração.
São várias as opções terapêuticas para o tratamento dessas infecções, que devem ser utilizadas de maneira racional, considerando-se os dados epidemiológicos, clínicos, radiológicos e microbiológicos de maneira evolutiva e cuidadosa.

A seguir discutiremos os aspectos microbiológicos, fisiopatológicos, clínicos, diagnósticos e terapêuticos das rinossinusites e faringotonsilites.

Capítulos de livros publicados

Artigos completos publicados em periódicos

Tratamento cirúrgico e terapias adjuvantes na papilomatose respiratória

Surgical treatment and adjuvant therapies of recurrent respiratory papillomatosis

Autor(es): Melissa Ameloti Gomes Avelino1; Tallyta Campos Domingues Teixeira Zaiden2; Raquel Oliveira Gomes2

DOI: 10.5935/1808-8694.20130114

Expressão de interleucina-17A em pacientes com polipose nasossinusal

Interleukin-17A expression in patients presenting with nasal polyposis

Autor(es): Melissa Ameloti Gomes Avelino1; Isabela Jubé Wastowski2; Ricardo Gimenes Ferri3; Thaís Gomes Abrahão Elias4; Ana Paula Lindoso Lima4; Larissa Mesquita Nunes5; Shirley Shizue Nagata Pignatari6

DOI: 10.5935/1808-8694.20130110

BALLOON LARYNGOPLASTY FOR SGS CAUSED BY OROTRACHEAL INTUBATION AT A TERTIARY CARE PEDIATRIC HOSPITAL

International Archives of Otorhinolaryngology

The human leukocyte antigen G molecule (HLA-G) expression in patients with nasal polyposis

Revista - Brazilian Journal of Otorhinolaryngology

download

Xantogranuloma juvenil em cavidade nasal

Autores: Melissa GA Avelino, Fabiana C Pereira,Kátia XR Moreira, Reginaldo R Fujita,Aldo EC Stamm, Luc LM Weckx

download

Avaliação polissonográfica da síndrome da apnéia obstrutiva do sono em crianças, antes e após adenoamigdatomia Polysomnographic evaluation of obstruc

Autores: Melissa A.G. Avelino, Fabiana C. Pereira, Daniela Carlini, Gustavo A. Moreira, Reginaldo Fujita, Luc L.M. Weckx

CENTRO CLÍNICO HOSPITAL DA CRIANÇA
Rua 107 Qd. F-32 Lt. 37 Setor Sul CEP 74.085-060 - Goiânia - GO
secretaria@melissaavelino.com.br
62 3983-8039 / 8179-2349
Desenvolvido por: