CRM 9673
Saiba Mais

Fique por dentro

O que é Adenoidite?

Publicado em : 16/07/2013

Quando a adenóide fica inflamada e com infecção, podemos dizer que a criança está com “adenoidite”. Criança com “adenoidite” pode apresentar sintomas semelhantes a um quadro de sinusite, podendo apresentar tosse, nariz encatarrado, congestão nasal, congestão facial e até febre. Geralmente os pais relatam que seu filho está sempre “encatarrado” e/ou com uma tosse crônica.

Hoje sabemos, que a adenóide, mesmo pequena, pode funcionar como um reservatório crônico de bactérias. Estudos mostram que essas bactérias se unem e formam uma cápsula protetora ao seu redor, de forma a ficarem mais protegidas contra antibióticos e outros tratamentos. Se os antibióticos não fazem efeito, a inflamação e a infecção na adenoide perpetuam, e a criança fica com sintomas crônicos, como se tivesse sinusite crônica. Nestes casos, o tratamento mais efetivo é a remoção da adenóide da criança, através de cirurgia (adenoidectomia). Trata-se de uma cirurgia que não causa dor, a criança recebe alta no mesmo dia podendo comer e brincar normalmente. Um dos maiores receios dos pais é em relação à anestesia. No entanto, hoje a anestesia é muito segura, e a Equipe anestésica sempre passa no quarto do Hospital para dar tranqüilidade aos pais e criar afinidade com a criança, antes da cirurgia. Somente após receber um xarope que induz o sono na criança, a mesma é encaminhada ao centro cirúrgico, de forma a não lembrar desse momento que pode gerar ansiedade e desconforto. No mesmo dia a criança recebe alta, podendo se recuperar em sua própria casa. Um ponto é certo: o tratamento cirúrgico da adenoidite é uma das cirurgias em que mais rápido a melhora da criança é observada dentro da otorrinopediatria. A criança fica feliz porque consegue dormir e respirar melhor; os pais ficam felizes porque observam a melhora da qualidade de vida de seu filho e é lógico que o otorrinopediatra fica feliz em ter contribuído com a saúde da criança.

O que acontece quando a criança tem aumento da Adenóide?


É normal o encontro da adenóide aumentada em crianças aproximadamente entre 2-7anos de idade. Quando a adenóide aumenta de tamanho e não causa problemas respiratórios na criança, podemos simplesmente observar e aguardar sua redução e desaparecimento. Por outro lado, quando a adenóide aumenta de tamanho de forma severa, pode levar a obstrução respiratória da criança. Nestes casos, a criança passa a ter dificuldades para respirar pelo nariz, passa a respirar pela boca, a roncar e babar enquanto dorme. O sono ineficiente pode levar a sonolência diurna ou, paradoxalmente, hiperatividade. Por não conseguir respirar adequadamente pelo nariz, pode ter dificuldades para se alimentar, deixando inclusive de ganhar peso. Esse quadro é bastante freqüente na otorrinopediatria, e o tratamento, excluída outras causas de respiração oral, é a cirurgia de remoção da adenóide (adenoidectomia).

Os riscos do barulho excessivo

23/10/2014 Veja mais

A cirurgia endoscópica nasal pode também ser usada na Otorrinopediatria, como é usada nos adultos?

16/07/2013 Veja mais

Quais as conseqüências que podem ocorrer quando um paciente “respirador oral” na Otorrinopediatria não é adequadamente tratado?

16/07/2013 Veja mais

Porque na área da Otorrinopediatria os resfriados e as gripes são mais freqüentes do que nos adultos?

Alguns motivos podem justificar essa maior incidência de gripes e resfriados na otorrinopediatria:

16/07/2013 Veja mais

Audição e fone de ouvido

Problemas auditivos deixaram de ser pesadelo apenas para os idosos. Com a moda dos aparelhos portáteis de música digital (MP3, MP4 e Ipod), os mais jovens também estão inclusos no grupo de risco.

16/07/2013 Veja mais

A retirada de amígdalas e adenóides

A retirada de amígdalas e adenóides é uma das cirurgias mais realizadas em crianças em todo mundo.

16/07/2013 Veja mais
CENTRO CLÍNICO HOSPITAL DA CRIANÇA
Rua 107 Qd. F-32 Lt. 37 Setor Sul CEP 74.085-060 - Goiânia - GO
secretaria@melissaavelino.com.br
62 3983-8039 / 8179-2349
Desenvolvido por: